Saturday, July 08, 2006

Lar(a) doce Lar(a)

- Ah, minha filha, como queria de volta o teu sorriso...


- Pode ficar sossegada, mãezinha. Ele está de volta e veio pra ficar. Foi logo pedindo um lugarzinho pra se acomodar. Contou-me que reencontrou o seu outro dia e ate intimidou-se com tanta beleza que via. Agora da cá um abraço, mãezinha, ele precisa matar a saudade que tinha.


(para a mulher mais linda da qual eu me orgulho todo o dia, todos os dias)